sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

OBRIGADO!

O SORSAÚDE agradece a todos a visita ao blog...atingimos em 2012 as 15.000 visitas!


quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

ELOGIO Á UCC ESPELHOS DE ÁGUA

A familia do utente José Lucas Moura agradece á Unidade de Cuidados na Comunidade ESPELHOS DE ÁGUA o reconhecimento e apreço do profissionalismo demonstrado e dos bons serviços prestados.


sexta-feira, 30 de novembro de 2012

DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A SIDA

Data assinalada a 1 de dezembro. Entre 2011-2015 “Atingir Zero” é mote adotado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas.


Com o intuito de sensibilizar a população de todo o mundo para o VIH/Sida e demonstrar solidariedade internacional face à pandemia, no dia 1 de dezembro assinala-se o Dia Mundial de Luta Contra a Sida.


Entre 2011 e 2015, de acordo com o Programa Conjunto das Nações Unidas sobre a Sida, a data é celebrada sob o mote "Atingir Zero: Zero novas infeções, Zero casos de discriminação e Zero mortes por Sida” (Getting to zero: zero new HIV infections. Zero discrimination. Zero AIDS related deaths), no qual são declaradas algumas metas, nomeadamente a redução de novos casos, de mortes causadas pela patologia e da discriminação.


Objetivos a atingir até 2015:


•Reduzir a transmissão sexual do vírus


•Prevenir novas infeções entre os utilizadores de drogas


•Eliminar novas infeções entre as crianças


•Proporcionar acesso a tratamento


•Evitar mortes por tuberculose


•Eliminar a falta de recursos


•Eliminação das desigualdades de género


•Eliminar o estigma e a discriminação


•Eliminação de restrições de viagens


•Reforço da integração VIH


A data comemorativa constitui uma oportunidade para aumentar a consciência sobre a situação da pandemia e incentivar o progresso na prevenção do VIH/sida, tratamento e cuidados em todo o mundo, com especial enfoque nos países com maior prevalência de casos


quinta-feira, 19 de julho de 2012

COMER PARA VIVER

Segundo o Organização Mundial da Saúde (OMS), a obesidade é uma doença em que excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde.
A verdade é que a Obesidade afecta já centenas de milhões de pessoas no Mundo Inteiro, mais do que a desnutrição, sendo a pandemia do século XXI.
Para conhecermos a realidade local e comparar com os dados nacionais e mundiais, realizámos no dia 28 de Maio de 2012 no nosso Centro de Saúde, em Ponte de Sôr um “Rastreio de Saúde” no qual englobámos os seguintes parâmetros clínicos: tensão arterial, glicemia, estado nutricional e saúde oral.
Verificámos pelos dados do rastreio que 55% das pessoas avaliadas apresentam Excesso de Peso ou Obesidade e apenas 45% exibem um estado nutricional adequado. Constatámos também que 15% das pessoas com excesso de peso apresentam já problemas de tensão arterial diagnosticados e valores de glicemia alterados.
Ao nível da Saúde Oral determinou-se que, dos dentes observados, 9% estavam cariados, 18% tratados e 25% dos dentes já estavam perdidos. Apenas 48% dos dentes observados se apresentavam saudáveis.
Os dados obtidos ao nível da obesidade, são coincidentes com as estatísticas mais recentes nacionais e mundiais, publicadas pela SPEO (Sociedade Portuguesa Para o Estudo da Obesidade) em 2008, que mostram que 53.6% da população adulta portuguesa tem excesso de peso ou obesidade. A nível mundial, se não forem tomadas medidas em contrário, estima-se que em 2025, mais de 50% da população mundial seja obesa. Portanto, estamos no caminho errado…
É importante esclarecer os diferentes agentes sociais de que a prevenção e o controlo do excesso de peso e da obesidade assentam em três pilares: alimentação, actividade física e modificação dos comportamentos em saúde. Considera-se fundamental a participação da família, da escola e um envolvimento promotor de estilos de vida saudáveis nos locais de trabalho.
Juntos, em sociedade, conseguiremos mudar a nossa vida…

“ …em vez de viver para comer.”

                                                                                                                     Autores:
                                             Dra. Liliya Gumenyuk, Interna do 1º ano de MGF
                                                                Dietista Marta Carilho
                                                  Higienista Oral Conceição Chinarro